You are currently viewing Sustentabilidade: 12 Filmes para Entender sua Importância

Sustentabilidade: 12 Filmes para Entender sua Importância

Conheça filmes e documentários que dialogam com a sustentabilidade, abrindo espaço para reflexões sobre o nosso impacto no mundo.

Tempo de leitura: 7 minutos.

Já faz algum tempo que a relação dos seres humanos com o planeta Terra passou a ser discutida em caráter de urgência. Uma consequência direta da emissão de gases poluentes, da extração descontrolada de recursos finitos, da quantidade de resíduos descartados e da extinção de espécies.

Na década de 80, esse contexto serviu como pontapé inicial para a criação de um termo que se tornou parte fundamental dos mais diversos círculos sociais: a sustentabilidade.

Segundo a ex-primeira-ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland, a ideia é encontrar maneiras de suprir as necessidades que temos atualmente sem afetar a possibilidade de as próximas gerações fazerem o mesmo. Em outras palavras: precisamos mudar nossas atitudes com o objetivo de conciliar o crescimento econômico e a preservação ambiental.

Mas não basta falar de sustentabilidade, considerando somente as mudanças climáticas, porque a discussão envolve também a reciclagem de lixo, a proteção da fauna, o respeito aos povos indígenas, o consumismo exacerbado, as energias renováveis e outros temas relevantes.

Para que todas essas questões alcançassem todos os públicos, a discussão sobre sustentabilidade cresceu e atravessou as fronteiras midiáticas. Saiu do nicho representado pelos congressos e caminhou na direção da televisão, do cinema e dos serviços de streaming.

Pensando nisso, separamos alguns filmes e documentários que apresentam problemas e possíveis soluções relacionadas à sustentabilidade, incentivando reflexões sobre nossas atitudes e seu impacto no futuro do planeta.

O Menino que Descobriu o Vento

Filmes Sustentabilidade
Foto: Divulgação
  • Países de origem: Reino Unido e Malauí
  • Ano: 2019
  • Direção: Chiwetel Ejiofor
  • Duração: 113 minutos
  • Disponível em: Netflix

Baseado na história real de William Kamkwamba, O Menino que Descobriu o Vento apresenta um garoto autodidata que constrói uma turbina eólica com partes de bicicleta e peças coletadas em um ferro-velho. Com isso, ele consegue ligar alguns eletrodomésticos e garantir a irrigação nas terras desérticas do Malauí.

A importância da diversificação energética por fontes renováveis é um tópico fundamental do desenvolvimento sustentável, porém o longa também traça paralelos com a sustentabilidade social graças às lições sobre comunidade e educação que preenchem a trama.      

Cowspiracy: O Segredo da Sustentabilidade

Filmes Sustentabilidade
Foto: Divulgação
  • País de origem: Estados Unidos
  • Ano: 2014
  • Direção: Kip Andersen e Keegan Kuhn
  • Duração: 90 minutos
  • Disponível em: Netflix

Traduzido como um trocadilho que mistura as palavras “vaca e conspiração”, esse documentário aborda um tema ignorado até mesmo por organizações ambientais: os impactos da pecuária no meio ambiente. Estamos falando de desmatamentos, consumo de água, erosão do solo e outras consequências que afetam o nosso futuro.

Cowspiracy gerou muita polêmica por conta da forma como acusa o afastamento de entidades e ambientalistas em relação à situação. É um filme movido por entrevistas surpreendentes e dados que revelam, entre tantas coisas, que a agricultura animal emite mais gases poluentes do que o setor de transporte. Impossível assistir e permanecer imparcial.

Mission Blue

Foto: Divulgação
  • Países de origem: Estados Unidos, Bermudas e Equador
  • Ano: 2014
  • Direção: Robert Nixon e Fisher Stevens
  • Duração: 95 minutos
  • Disponível em: Netflix

Assumindo a missão de ser um documentário biográfico, Mission Blue acompanha a oceanógrafa Sylvia Earle em sua batalha pela preservação dos oceanos. No entanto, a vida dela é somente um gatilho para discutir sobre a degradação gerada pela pesca abusiva ou pelo descarte de resíduos tóxicos.

Dessa maneira, as experiências de Earle, a importância dos mares e os impactos das ações humanas dividem espaço como temas centrais do filme. É uma boa oportunidade de entender tanto as catástrofes ambientais, quanto as lutas da primeira mulher a chefiar a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA).

WALL-E

Filmes Sustentabilidade
Foto: Divulgação
  • País de origem: Estados Unidos
  • Ano: 2008
  • Direção: Andrew Stanton
  • Duração: 98 minutos
  • Disponível em: Disney+

Uma das animações mais elogiadas da Pixar, WALL-E é uma ficção científica silenciosa que conta a história de um robô cuja função é limpar uma terra inabitável e coberta de lixo. É nesse cenário desolador que ele vai se apaixonar e embarcar em uma aventura que pode mudar o futuro da humanidade.

Na superfície, o longa é um conto futurista sobre amizade e amor. Entretanto, isso não o impede de dialogar com a sustentabilidade ao mostrar o resultado de séculos marcados por sistemas de produção linear, consumo exagerado e outras ações destrutivas. Uma mensagem inspiradora sobre a importância de nos unirmos em torno de práticas que garantam a perpetuação do mundo.

O Sal da Terra

Filmes Sustentabilidade
Foto: Divulgação
  • Países de origem: Brasil, França e Itália
  • Ano: 2014
  • Direção: Juliano Ribeiro Salgado e Wim Wenders
  • Duração: 110 minutos
  • Disponível em: Globoplay, Looke e Google Play

O documentário usa as viagens que originaram a exposição Gênesis como ponto de partida para acompanhar a carreira do fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado, relembrando seus trabalhos famosos e o processo de reflorestamento realizado na fazenda onde o artista cresceu.

Esse detalhe poderia justificar a presença de O Sal da Terra nessa lista, mas a relação do longa com a sustentabilidade vai além. Como Gênesis é o resultado de uma jornada por locais intocados do planeta, a produção dialoga em diversos momentos com a exploração de recursos naturais, o impacto dessas ações e a relação do ser humano com a natureza.

Virunga

Foto: Divulgação
  • Países de origem: Reino Unido e República do Congo
  • Ano: 2014
  • Direção: Orlando von Einsiedel
  • Duração: 100 minutos
  • Disponível em: Netflix

Produzido pela Netflix em parceria com Leonardo DiCaprio, Virunga nos apresenta a história dos guardas responsáveis pela proteção de um parque nacional que abriga os últimos gorilas-das-montanhas do planeta. As principais ameaças são grupos paramilitares envolvidos na guerra civil, caçadores e mineradores interessados nas jazidas minerais que preenchem a floresta.

O documentário usa câmeras escondidas para denunciar a corrupção, expor empresas que priorizam apenas o lucro e retratar, de modo emocionante, a jornada desse grupo de pessoas comprometidas com a preservação do planeta.

Minimalismo

Filmes Sustentabilidade
Foto: Divulgação
  • País de origem: Estados Unidos
  • Ano: 2015
  • Direção: Matt D’Avella
  • Duração: 78 minutos
  • Disponível em: Netflix

Com o propósito de confrontar o capitalismo e o consumo exagerado, Minimalismo reúne depoimentos de pessoas que decidiram viver com o mínimo. Seres humanos que não acreditam no acúmulo de bens materiais e, por conta disso, consomem somente o necessário para garantir sua qualidade de vida.

O longa fala sobre quebras de padrões, busca pela felicidade, consumo consciente e sustentabilidade, seguindo suas próprias dicas ao evitar abordagens grandiosas. É uma produção intimista que mostra, acima de tudo, como nossas mudanças de atitude afetam o futuro.

Avatar

Filmes Sustentabilidade
Foto: Divulgação
  • País de origem: Estados Unidos
  • Ano: 2009
  • Direção: James Cameron
  • Duração: 162 minutos
  • Disponível em: Disney+

Além de ser responsável por produções revolucionárias, como Titanic e O Exterminador do Futuro, James Cameron também é engajado no ativismo ambiental. Durante sua carreira, intercalou diversos trabalhos de ficção com documentários sobre a natureza até reunir o melhor dos dois mundos em Avatar.

Dono da maior bilheteria de todos os tempos, o longa gira em torno de uma guerra entre colonizadores humanos e nativos humanoides que habitam o planeta Pandora. Em jogo estão os recursos naturais do ecossistema e a sobrevivência dos Na’vi como espécie.

Isso faz com que a produção, lembrada por seus efeitos especiais, abra espaço para discutir a ação predatória dos seres humanos, o respeito a outras sociedades e o desenvolvimento sustentável para conciliar economia e preservação.

Lixo Extraordinário

Foto: Divulgação
  • Países de origem: Brasil e Reino Unido
  • Ano: 2010
  • Direção: Lucy Walker, Karen Harley e João Jardim
  • Duração: 99 minutos
  • Disponível em: Netflix, Globoplay e Telecine Play

É possível mudar o mundo com práticas sustentáveis? Lixo Extraordinário responde a essa pergunta ao mostrar como as obras do artista Vik Muniz influenciaram a vida dos catadores que ganham a vida no Aterro do Jardim Gramacho.

É um filme que dialoga tanto com a sustentabilidade social, por meio dos projetos que incentivam a arte entre pessoas que vivem em situações de vulnerabilidade, quanto com os impactos ambientais positivos que acompanham o processo de reciclagem. Tudo cercado por uma mensagem de esperança que incentiva reflexões e mudanças de atitude.

Caminhando sobre a Terra

Foto: Divulgação
  • País de origem: Brasil
  • Ano: 2015
  • Direção: Thiago Cóstackz
  • Duração: 82 minutos
  • Disponível em: YouTube

Produzido pelo projeto SOS Terra durante uma expedição artística e científica que percorreu 60.000 quilômetros do planeta, Caminhando sobre a Terra é um documentário-denúncia marcado por imagens de tirar o fôlego. Ou seja, é um longa que aponta problemas ambientais por um ponto de vista poético.

A proposta é visitar 10 lugares onde a degradação causada pela ação humana é visível, mostrando as consequências do nosso estilo de vida nocivo por meio de eventos que só acontecem por conta das escolhas que fizemos no passado. Um bom ponto de partida para refletir sobre decisões que precisam ser tomadas com urgência se quisermos salvar o futuro.

Happy Feet

Foto: Divulgação
  • Países de origem: Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia e Antártida
  • Ano: 2006
  • Direção: George Miller, Warren Coleman e Judy Morris
  • Duração: 108 minutos
  • Disponível em: HBO Go, Looke, Google Play e iTunes

Vencedor do Oscar em 2007, Happy Feet é uma animação musical que conta a história de um pinguim dançarino. O problema é que isso não é bem aceito em uma sociedade hierarquizada, em que todos os pinguins dedicam a vida inteira a outro dom: o canto.

Ainda que esse seja um bom ponto de partida para falar sobre aceitação e preconceito, o filme é quase todo sobre sustentabilidade. Afinal, o protagonista se afasta da família para descobrir porque os peixes estão desaparecendo, chama a  atenção dos humanos por meio do sapateado e, no final das contas, dá início a uma grande discussão mundial sobre a pesca predatória na Antártida.

Um filme divertido, que oferece lições valiosas sobre a sociedade e o meio ambiente para a família toda. Imperdível!

Uma Verdade Inconveniente

Foto: Divulgação
  • País de origem: Estados Unidos
  • Ano: 2006
  • Direção: Davis Guggenheim
  • Duração: 96 minutos
  • Disponível em: Google Play, iTunes, Claro Vídeo e Microsoft Store

Apesar de ser um dos documentários mais importantes e reconhecidos quando se fala de meio ambiente e aquecimento global, Uma Verdade Inconveniente aposta em um formato simples. Trata-se apenas de Al Gore realizando uma apresentação sobre catástrofes climáticas, apontando mitos e causas que cercam epidemias, inundações e outros desastres naturais.

É uma produção rica em informação, cujo propósito é abrir os olhos e convocar os seres humanos para uma batalha decisiva e muito longa. Tanto que dez anos depois de ser premiado com o Oscar de Melhor Documentário, a equipe preparou um novo capítulo: Uma Verdade Mais Inconveniente.

O objetivo desse retorno é apresentar ações que prejudicam a luta, como a saída dos EUA do Acordo de Paris, e documentar algumas consequências por imagens chocantes. Um pacote que escancara a necessidade de conversarmos sobre sustentabilidade e atuarmos juntos em prol do planeta.


Conhece outro filme que fale sobre sustentabilidade? Deixe sua dica nos comentários.

Quer conferir mais textos sobre empreendedorismo, tecnologia e sustentabilidade? Acesse o nosso Blog.

Deixe um comentário